quinta-feira, 18 de março de 2010

Pedacinhos de Ternura

Quando todos dormiam, uma doente chorava, chorava e apenas chorava...
Agarrada com força a um rosário, mostrava expressão de grande DOR!

Aproximei-me dela, pegando na mão questionei se tinha dores...

Ela, com força segura na minha mão e olha-me como se pedisse algo mais que um analgésico.

Percebi então que a dor dela passaria com pedacinhos de ternura.

Assim sorriu.
Assim cumpri uma vez mais a dificil missão de Cuidar com apenas pedacinhos de Ternura!

2 comentários:

  1. Que texto "profundo".
    Gostei imenso deste texto e do teu blog.
    E até gostei, deste "ACERCA DE MIM". Muito bom.
    Ganhaste uma seguidora.
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. "I (L) Jesus":
    Obrigada por leres estes textos das profundezas da minha libertação...
    E obrigada por seguires o meu blog.
    Benvinda ao meu pequeno mundo!
    Beijo

    ResponderEliminar