terça-feira, 20 de julho de 2010

Em TI: INVICTA!


Faz impressão saber que hoje passo de novo aqui:
Aqui já vivi, chorei, amei e sorri!
Faz-me impressões verem “isto aqui” como vulgar e algo de todos!
Sinto depressão conforme perco este tempo aqui vivido como essencial…

Sofro uma pressão enorme por gostar de um sítio para além do que é normal!

Deixo tudo para mais logo: não sou analógico nem uma criatura digital
Tendo para mais louca e não sou patológica sou como o papel vegetal…

Faz-me impressão ser seguida e imitada por gente banal!
Faz-me um favor estou perdida: indica-me algo fundamental

Acho que o que gosto em mim o que me cativa é uma preguiça transcendental
E em ti o que me torna afim o que me motiva é esse sorriso vertical, de quando te vejo e estou em ti, olho-te como uma impressão digital!

Sinto-te por vezes uma fotocópia e prefiro “ter-te” como original
Edição revista e aumentada em mapa ou jornal?

Exclusivo mordo a tua página como minha
Faz-me impressão gostar-te e não me fazeres mal

1 comentário:

  1. Invicta... Possivelmente a minha futura cidade...

    ResponderEliminar